morreu por amar demais

Eu via meu amor por ele crescer como uma bolha gigante que me envolvia da cabeça aos pés. A sensação era boa, apesar de todo o meu terror por altura, eu estava flutuando em alturas inimagináveis, enxergando o mundo por cima. Tudo era novidade e eu queria viver dessa novidade. O meu medo era de a bolha estourar. Se essa bolha estourasse, vocês não fazem ideia de como eu iria me machucar. Vocês ouviriam falar por aí de uma moça que morreu por amar demais, literalmente.
Amadorista.