Está difícil emagrecer?

Você faz de tudo para emagrecer 


- dietas mirabolantes, fica até a hora do almoço em jejum - e nada, os ponteiros da balança continuam no mesmo lugar (quando não sobem). Mas não desista. O que você precisa aprender é a acelerar o seu metabolismo. Já reparou que algumas pessoas comem de tudo e não engordam? Pois é justamente por terem o metabolismo acelerado que isso acontece. E o que é o metabolismo? Antes de pensar em acelerá-lo, você precisa saber do que estamos falando. O índice de metabolismo basal (IMB) é a energia gasta pelo corpo no descanso para manter as funções normais. Esse trabalho contínuo abrange mais de 60% das calorias que usamos e inclui o batimento cardíaco, a respiração e a manutenção da temperatura corporal. Seu IMB é influenciado por inúmeros fatores, tais como idade, peso, altura, sexo, temperatura ambiente, dieta e prática de exercícios. Devido à intensa atividade de divisão celular, o jovem tem metabolismo mais rápido; por outro lado, um indivíduo alto e mais pesado tem seu metabolismo acelerado também. Por causa da alta percentagem de massa magra no corpo masculino, homens têm geralmente um IMB 10% a 15% mais rápido que as mulheres. Mesmo em pessoas ativas, mais de 60% das calorias vai para o metabolismo basal. Quando se faz dieta, o metabolismo basal fica com um gasto menor como defesa. Já o exercício não deixa baixar o metabolismo basal, e aumenta o gasto calórico. Entende agora porque você deve aliar a dieta à atividade física? Pequenos truques que o ajudarão a aumentar o seu metabolismo. Pratique exercícios aeróbios - A taxa metabólica aumenta 25% durante 12 a 15 horas após os exercícios aeróbios intensos. Além disso, o exercício ajuda a acelerar o processo digestivo, reduzindo a absorção de calorias.

Ganhe massa muscular - Os exercícios de musculação ajudam a substituir a gordura por músculo, o que é benéfico, porque o seu organismo queima mais calorias para manter o músculo do que a gordura. Não se engane com a balança. Apesar do músculo ser mais pesado que a gordura, ele acelera o metabolismo, define o corpo e aumenta a força. Evite dietas rígidas - Quanto menor a ingestão calórica diária, menor o seu metabolismo, pois o organismo interpreta essa situação como uma ameaça. Faça seis pequenas refeições diárias e reduza a ingestão calórica, calculando uma perda de até 400g por semana, de forma segura e com bons resultados a longo prazo. Coma devagar - Quanto mais devagar e menos calorias uma pessoa come, maior a liberação de insulina, substância que promove o armazenamento adequado de gordura. Tome café da manhã - Os pesquisadores demonstraram que as pessoas que pulam o café da manhã têm metabolismo diminuído em relação àqueles que fazem essa refeição regularmente. Reduza as gorduras e aumente os carboidratos - Uma dieta rica em gorduras estimula muito menos o seu metabolismo do que uma refeição com os outros grupos de alimentos, além de conter mais calorias por grama. Pães integrais, cereais, verduras, frutas, batata e massas são melhores para o seu metabolismo