A medicina não tem sentido

A medicina não tem sentido.
Vamos supor que criassem uma injeção de nanosondas que curasse qualquer coisa,não interessa a gravidade do paciente.
daí o hospital recebesse 20 dessas injeções por dia do fabricante.
havendo 40 pacientes por dia o médico iria fazer uma triagem
aquele que chegou com duas pernas quebradas vai receber a injeção, aquele que quebrou só uma não vai, entretanto ele teria que deixar reservado para alguem que chegasse em estado crítico
no fim das contas o que teve lesão mais grave foi mais beneficiado pois saiu novinho em folha