Alternativa para as férias

Alternativa para as férias


 por:Nandel
Alternativa para as férias

“Ou mudamos ou nos destruiremos” (Leonardo Boff in O Ecocídio e o Biocídio)

Desde que a natureza chegou ás mãos dos homens, muitas mudanças ocorreram com o bem-estar dela. A cada dia o homem tenta aperfeiçoar mais a sua vida, usando a tecnologia que acarreta muitos problemas, como por exemplo a poluição que está a tomar conta de todo o mundo e a prejudicar a vida de todos, assim como também o meio ambiente. A nível ambiental há uma alternativa que todos saem a ganhar. As novas atracções turísticas emergem constantemente. Tentamos encontrar novas formas de passar as férias. Para além da componente lúdica, procuram uma maneira eficaz de aliviar o stress do dia-a-dia. A alternativa de que falo é o Ecoturismo, do qual já grandes centros turísticos estão a amotinar-se para a preferência do contacto com a natureza.O Ecoturismo pode ser, e muito bem, a principal tendência do século XXI. A sociedade está hoje mais apta para apreciar as qualidades ambientais, notando-se uma contribuição louvável para o crescimento desta actividade turística. O motivo desta contribuição está na origem da preocupação crescente do mundo para a necessidade urgente de proteger e recuperar as reservas naturais, assim como diminuir as agressões que são colocadas na natureza. Nos locais onde já existe a actividade do Ecoturismo, a vida selvagem foi já recuperada e reduzida as tentações hostis à Mãe Natureza.Os Ecoturistas procuram estar em contacto com a natureza, mas também e principalmente procurar a sua integração, quebrar os limites e viver experiências novas. Mas, no entanto, esta aproximação aos ambientes explorados não é feita de forma arbitrária, pois é feito um alerta para a conservação da natureza, sem a modificar, a par do conhecimento da fauna e da flora. Baseia-se, portanto, no respeito pelo meio ambiente.Existe alguns destinos de eleição em todo o Portugal para a prática do Ecoturismo. Portugal tem um grande potencial para o desenvolvimento desta actividade, representado pela sua natureza, variedade geográfica, clima e alegria do povo. A variedade de paisagens naturais de grande beleza é um grande atractivo para os turistas ecológicos. E o importante valor ecológico é combinado com uma atmosfera cultural ímpar, onde se constata uma forma de encarar o dia-a-dia, com simplicidade, vivendo as comunidades em perfeita harmonia com a natureza.Para além do prazer, o Ecoturismo fornece compensações económicas. Como qualquer área de turismo, utiliza o trabalho local, gerando emprego. As pessoas passam a ter dinheiro para gastar na sua própria comunidade, já que, normalmente, estes locais estão afastados do meio urbano, e por isso, com fracos recursos económicos. Se toda a actividade humana deve ter, como fim último, o bem-estar da comunidade, é óbvio que o conhecimento minucioso do ambiente em que vive o homem deve constituir matéria de interesse básico, relacionada com todos os ramos dessa actividade. Matérias como a engenharia, a arquitectura, o urbanismo e os estudos de saúde pública em geral têm, como finalidade, o condicionamento do ambiente para sobrevivência e tranquilidade do ser humano. Da mesma forma, a psicologia, a educação, a medicina, visam à adaptação do homem ao meio que o cerca e o ajustamento às suas variações.O homem tem transformado profundamente a natureza, destruindo espécies animais e vegetais, desviando cursos de rios, cortando montanhas, drenando pântanos e amontoando toneladas de detritos no ar, na água e no solo.A saúde e o bem-estar dos seres vivos, estão directamente relacionados com a qualidade do meio ambiente, isto é, com suas condições físicas, químicas e biológicas.Sendo o ano 2002, o Ano Internacional das Montanhas e do Ecoturismo, fica aqui o apelo para que a Natureza não continue a ser o campo da operosidade do homem encarregado de a dominar, povoar, mas também respeitar, aperfeiçoar e transformar.
Alternativa para as férias Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/lifestyle/sports-and-recreation/2431631-alternativa-para-f%C3%A9rias/

Comentários