História do do Santo Sepulcro

O Santo Sepulcro é considerado por fieis do mundo inteiro como a tumba onde o corpo de Jesus foi sepultado e esteve até sua ressurreição. Desde o século IV, peregrinos do mundo inteiro convergem à Basílica do Santo Sepulcro, o edifício mais sagrado para o mundo cristão e um dos locais mais enigmáticos para a ciência. Apesar de pequeno, o local abriga também o Calvário, montículo de pedra onde se colocou a cruz.

Há versões que descrevem cenas de cristãos de Jerusalém em cerimônias litúrgicas sobre a tumba de Jesus Cristo desde o momento em que ele morreu. No ano 66, com a chegada do Imperador Adriano, as instalações foram demolidas para dar lugar a um templo em homenagem à deusa romana Vênus.   Mais tarde, no ano 312, o local foi reformado para abrigar a igreja, graças à conversão de Constantino ao cristianismo. Da primeira construção resta muito pouco, pois o local passou por modificações realizadas por templários e membros da Cruzada. Praticamente todas as naves da igreja foram refeitas.   Atualmente, a igreja do Santo Sepulcro é mantida por diferentes denominações do núcleo cristão: coptos, ortodoxos gregos, protestantes, católicos e armênios, entre outros. Todos possuem uma representação e dividem responsabilidades.   Enquanto a Igreja descreve a morte e ressurreição de Cristo por intermédio dos Dogmas Católicos, historiadores e cientistas questionam a versão de que Jesus morreu na cruz.  Entretanto, ambos concordam que não existe outro lugar no mundo mais plausível para essa bela história.

- See more at: http://noticias.seuhistory.com/conheca-historia-e-os-misterios-do-santo-sepulcro#sthash.HJebbYTW.dpuf