conheça a nova ortografia portuguesa



 por:OUTONODAVIDA
Em 16 de dezembro de 1990, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) reunbiu-se em Lisbos, para estabelecer um Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, o qual foi assinado por Portugal, Brasil, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e, após, Timor Leste. O acordo objetiva unificar a ortografia da língua portuguesa nesses países.

Decorrido vários anos, desde que o Acordo foi firmado, ainda são muitas as pessoas que, diante da necessidade de escreverem um texto de forma correta, ainda se deparam com dificuldades, tendo que recorrer a guias ortográficos, dicionários ou informações virtuais, acarretando maior demanda de tempo.

Este pequeno manual - que é pequeno na extensão, mas grande no conteúdo -, elaborado de forma prática e objetiva, vem em auxílio de quantos queiram ou necessitem escrever de forma correta, de acordo com o NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO.
A partir de uma consulta rápida, o leitor ooderá ver, imediatamente, "como era" e "como é", com relação a todas as alteraçõies ocorridas.

Exemplificando:

ANTES: "agüentar", "cinqüenta", qüinqüênio"... (com trema) - AGORA: aguentar, cinquenta, quinquênio... (sem trema)
ANTES: "alcalóide", "bóia", "colméia"... (com acento) - AGORA: alcaloide, boia, colmeia... (sem acento)
ANTES: "abençôo", "Vôo", "lêem"... (com acento) - AGORA: abençoo, voo, leem... (sem acento)

E assim por diante.

O aspecto que geroummaiores dúvidas foi o uso do hífen, que está sujeito a algumas regras. Também com relação a este aspecto, o manual fornece osmprincípios norteadores da nova regra, de maneira que o escritor possa sanar suas dúvidas, no momento de escrever corretamente.

Realmente, trata-se de um naual extremamente útil, que poderá auxiliar a obter familiaridade com a mudanças e sanar dúvidas sobre a forma correta de escrever.


Manual da Nova Ortografia - O Que Mudou No Jeito De Escrever Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/writing-and-speaking/copywriting/2387794-manual-da-nova-ortografia-que/

Comentários