veja uma opinião sobre politicagem



Resumo escrito por:JOAOVICTORS

O Brasileiro esta conformado. Conforma-se em viver sem oportunidades reais de crescimento e aceita a despreocupação e o descaso com dinheiro público.


 Sobrevive com uma crença falsa de estabilidade econômica e um aumento de oportunidades de trabalho de baixa renda. Esquece-se o povo de que o cenário atual do país é ridículo, onde o circo é o único modo de vida do Brasileiro. O povo é condicionado a crer que política é um assunto chato demais para assim não envolver-se. A política brasileira é muito pouco participativa e nestas eleições ainda assim conseguimos bater recordes de falta de participação. A falta de investimento em educação para formar indivíduos críticos firmam a alegria do povo em receber esmolas e descartam interesse político e social. O brasileiro entende por dignidade trabalho esforçado e até mesmo as religiões implicam falta de ambição como algo positivo. Facilidades em adquirir crédito escondem o real interesse de movimentação econômica em transações bancárias milhionárias. Ataque a idosos, que condicionam responsabilidades sobre seus ganhos mensais pensionais escondem a necessidade de investir. Quantos brasileiros entendem realmente de Finanças?  Não importa. É preferível hoje ao brasileiro possuir um celular de última geração ao invés de investir em uma previdência futura. O número de benefícios que um cargo político carrega é tão absurdamente maior que tornam-se ridículos e deveriam ser inaceitáveis, mas não há revolta. O Brasileiro não recebe instrução. O Brasil somente irá mudar quando existir uma política educacional fortíssima que dê prioridade a formação de seu povo do que a quitação de dívidas públicas. Gerações terão de aguardar para sonhar com possibilidades de mudança, mas por enquanto, tenha certeza de uma coisa. Vivemos em um país ignorante, que aplaudem palhaços se elegendo como líderes brincando.
Politicagem Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/society-and-news/politic/2059369-politicagem/

Comentários