Micro-ondas Electrolux MTD30 - 20L

Imagem
Micro-ondas 20 litros da Electrolux. Possui 09 Receitas pré-programadas: arroz, carne moída, omelete, pudim, bolo de caneca, brigadeiro, macarrão instantâneo, pipoca e hambúrguer e as teclas Menu Descongelar, Menu Kids, Menu Dia a Dia, Menu Sobremesa, Tecla Aquecer Refeição, Tecla Início + 30s, Tecla Relógio e Tecla Mudo: é só apertar a tecla “0” por 4 segundos e o som de “bip” desaparece. Tem ainda 10 níveis de potência, de manter aquecido até assar bolos e preparar carnes, trava de segurança que permite travar o uso do aparelho quando você quiser (ideal para evitar que crianças ou pessoas não autorizadas a usar o produto possam acioná-lo), além de painel e classificação energética A.

clique na foto dele acima para comprar

saúde do seu gato



Resumo escrito por:J100
Dirofilária

Dirofilária immitis é um parasita cuja localização de predileção é o sistema cardiovascular. Este parasita pode ser transmitido por mosquitos do gênero Aedes, Anopheles e Culex através da sua picada. Os adulto de dirofilária vivem no coração e nos grandes vasos.


As fêmeas de dirofilária liberam microfilárias directamente na corrente sanguínea. As microfilárias são ingeridas pelas fêmeas de mosquito e transmitidas a outros animais ou pessoas. Os adultos de Dirofilária podem viver por vários anos alojados no coração e grandes vasos.

Sinais e problemas
Os vermes imaturos causam inflamação aguda nas artérias e parênquima pulmonar (fatal em alguns gatos). Depois de mortos, os vermes podem causar problemas como tromboembolismo e reincidência de inflamação pulmonar. Ainda que alguns gatos sobrevivam é frequente a morte súbita. pode haver hipertensão pulmonar.
Gatos de pêlo curto parecem ser mais afectados pela dirofilariose. Os primeiros sinais clínicos aparecem cerca de 5 a 6 meses após a infecção. Sinais como dispneia e tosse ocorrem em 50% dos animais afectados. Letargia, vômito, sincope (desmaio) anorexia e sinais neurológicos podem ocorrer.

Diagnóstico
O diagnóstico de dirofilariose em gatos é dificil e é costume recorrer-se a exames sorológicos, radiografia torácia, ecocardiografiae testes para microfilárias. Muitas vezes, apesar do animal apresentar sinais, pode não conseguir ser diagnosticado, inclusivamente sorologicamente, por serem realizados cedo demais.

Tratamento
O tratamento com adulticidas não é aconselhável até por poder causar ou agravar situações de tromboembolismo e só é utilizada em casos extremos. Tratamentos com prednisona são frequentes quando não ocorre cura espontânea.
Pode estar indicado tratamento cirúrgico para remoção dos vermes adultos.
O tratamento preventivo e microfilaricida pode ser abordado através da utilização de ivermectina e milbemicina.


Dirofilariose - A saúde do seu gato Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/exact-sciences/veterinary/2221584-dirofilariose-sa%C3%BAde-seu-gato/

Comentários