filme Viajo Porque Preciso

Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo

Resumo escrito por:FlordaLua
Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo

José Renato geólogo, atravessa todo o sertão pensando em sua ex esposa, bióloga:


“ Do dia que saí de fortaleza até aqui quase não vi ninguém na estrada...
Fico com o rádio ligado pensando em ti e só... (...)
Chega me canso de tanto pensar em ti.”
“hoje parei num posto e vi uma coisa pintada na parede, meio ripie, nem tinha reparado ... (...)
... Quando saí foi que me caiu a ficha da frase que tava escrito: Viajo porque preciso, volto porque te amo.
“ Sinto amores e ódios repentinos por você.
Viajo por que preciso, não volto porque ainda te amo.”
“ ... Eu quero ter uma vida lazer ... (...) ... Eu quero ter uma vida lazer ... Eu quero ter uma vida lazer.... Eu quero ter uma vida lazer....

"Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo" é um típico filme-de-estrada, totalmente inovador que envolve uma jornada tanto física quanto emocional.
Dirigido por Marcelo Gomes, Karim Aïnouz com Irandhir Santos
O sertão vai a Veneza
Festival de Veneza exibiu o filme “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo”, de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes, que mostrou uma longa viagem pelo sertão nordestino.
O termo “sertão” tem conotação pejorativa, por implicar atraso e pobreza; por isso, seu uso deve ser cuidadoso.
O filme revela o estranhamento, o que é comum entre pessoas mal informadas e simplificadoras, que vêem o sertão como uma região homogênea.

Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/social-sciences/education/2343297-viajo-porque-preciso-volto-porque/

Comentários