saber sobre o mercado de trabalho

Emprego

Crítica escrita por:AlbertoMolinari
MERCADO DE TRABALHO
A dinâmica da economia global causa certo impácto na formação de alguns profissionais. Ter um diploma de conclusão no nível técnico ou mesmo de graduação não é mais garantia de emprego. Algumas funções têm simplesmente ficado para trás no que diz respeito às novas necessidade do mercado.
No meio competitivo, novas profissões surgem a cada instante, numa velocidade diretamente proporcional aos avanços tecnológicos, impactando a realidade dos profissionais com formação tradicionalista, que ficam absolescidos frente às exigências de novos conhecimentos e adaptação. Isto tem sido um verdadeiro paradoxo em alguns países em vias de desenvolvimento como é o caso do Brasil. O novo mercado de trabalho exige uma dinâmica de adaptação tão rápida que torna difícil formar profissionais na quantidade e qualidade esperadas. Há vagas que não são preenchidas porque as empresas não encontram candidatos no mercado com as qualificações exigidas. Esta situação cria uma lacuna em certos nichos profissionais.
Algumas instituições ainda demandam por contratações em áreas tradicionais. Mas a maioria das empresas precisam preencher vagas em atividades relativamente novas como mecatrônica (união das tecnologias de mecânica, eletrônica e tecnologia da informação), logística (necessária desde a recepção da matéria prima até a chegada do produto à mão do consumidor), meio-ambiente (pela valorização do conceito de produção sustentável), design automotivo, tecnologia em alimentos, tecnologia da informação e telecomunicações.
De posse dessa nova visão, os profissionais devem procurar cursos nos níveis técnico, de graduação e pós-graduação, buscando aperfeiçoamento de suas competências ou adaptação às novas tendências do mercado. Vale frisar que cursos técnicos nessas novas áreas podem facilitar a entrada dos mais jóvens no mercado de trabalho.


Emprego Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/internet-and-technologies/websites/1662459-emprego/

Comentários