pensar na música como algo que cura é uma das descobertas


 por:mjorge
De origem profana ou sagrada, a verdade é que pensar na música como algo que cura é uma das descobertas mais fantásticas do nosso Tempo. Em Nova Iorque, o corpo médico de um hospital permitiu que os pacientes idosos escolhessem uma seleção musical para ouvir, enquanto eram submetidos a uma cirurgia ocular ambulatória, o que reduziu bastante a pressão sanguínea e o stress. "A música pode normalizar a pressão alta provocada pelo stress da cirurgia", disse Karen Allen, chefe da equipa da Universidade do Estado de Nova York, em Búfalo. Ao que parece, os pesquisadores avaliaram um grupo de 40 homens e mulheres entre os 51 e os 87 anos, submetidos a cirurgia ambulatória para catarata ou glaucoma. Metade dos pacientes receberam um walkman e auriculares para usar durante a cirurgia. Os pacientes escolheram uma seleção musical que incluiu violão clássico, folk e música dos anos 40 e 50. A outra metade do grupo não ouviu música durante a cirurgia. Face a um controle de pressão, os dois grupos revelaram um pico significativo na manhã da cirurgia, indicando um alto grau de ansiedade antes do procedimento. Os pacientes que ouviram música voltaram ao nível normal de pressão, cinco minutos após o início da música. Enquanto os submetidos à cirurgia sem música continuaram com elevados níveis de pressão, segundo o estudo publicado da revista "Psychosomatic Medicine". "Nestas faixas etárias, não se sabe o que pode acontecer se a pressão aumentar. As pessoas podem sofrer derrames ou enfartes", afirmou aquela responsável, acrescentando: "Quanto mais calmo o paciente estiver, melhor se vai sair". Perante este cenário, os investigadores disseram mesmo que se fossem administradores de um hospital, pensariam seriamente em permitir que as pessoas levassem o seu walkman para as cirurgias ambulatórias - "Não custa nada. Não tem riscos, não magoa, pode ajudar e todos gostam", concluiu.
Musica na sala de operações Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/humanities/1773464-musica-na-sala-opera%C3%A7%C3%B5es/

Comentários