comentário Hérnia de disco



 por:wiew

Hérnia de disco cervical:
As protrusões do disco intervertebral sintomáticas ocorrem na região cervical quase tão freqüentemente quanto na região lombar.


À medida que as mudanças degenerativas ocorrem, os discos intervertebrais cervicais diminuem e os uncos dos corpos aproximam-se das faces inferiores oblíquas das vértebras cervicais superiores. Isto resulta em invasão dos forames intervertebrais, pressão sobre as raízes nervosas e dor no pescoço.
Uma hiperflexão forçada da região cervical, durante uma colisão de cabeça, pode romper um disco intervertebral posteriormente sem fraturar o corpo vertebral. Os discos intervertebrais cervicais mais comumente rompidos são aqueles entre C5 e C6, C6 e C7 que comprimem as raízes dos nervos espinhas C6 e C7 respectivamente. As protrusões do disco intervertebral resultam em dor no pescoço, ombro, braço e mão.
Qualquer esporte no qual o movimento causa pressão para baixo ou torção sobre o pescoço ou parte inferior do dorso pode produzir herniação do núcleo pulposo. Os esportes mais comuns envolvidos são: boliche, tênis, corrida, futebol americano, levantamento de peso e ginástica. A hiperextensão do pescoço pode causar uma fratura por esmagamento ou compressão dos elementos posteriores do arco vertebral. O ligamento longitudinal anterior é estirado e pode ser lacerado durante uma hiperextensão severa (como ocorre no “traumatismo” em chicotada do pescoço). A lesão por hiperflexão da coluna cervical também pode ocorrer quando a cabeça se move para a frente sobre o tórax.
A extensão e rotação lateral do pescoço estreitam o forame intervertebral e podem reproduzir os sintomas radiculares (sinal de Spurling).
Exame Físico: O exame físico permite reconhecer a contratura muscular que muitas vezes determina uma posição antálgica, caracterizada pela inclinação do tronco lateralmente ou do pescoço. A contratura manifesta-se por rigidez muscular e perda da lordose fisiológica da coluna cervical. A palpação das linhas espondiléia ou para espondiléia provoca dor ao nível do disco herniado. Observam-se também áreas de hipo ou hiperestesia nos membros, de acordo com as raízes e os dermátomos envolvidos. Os reflexos na dependência da raiz lesada também podem estar diminuídos ou ausentes.

Hérnia de disco cervical Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/orthopedic-surgery/2111779-h%C3%A9rnia-disco-cervical/

Comentários