significado de comer colorido

Saude É COMER COLORIDO

Resumo escrito por:valba
A cor da sua salada
Vermelhos: alimentos com essa coloração são ricos em licopeno, um pigmento que age como antioxidante celular em nosso organismo.
Exemplos: tomate, pimentão vermelho e beterraba.

Amarelos e alaranjados: sinal de betacaroteno na área. Está substância atua como antioxidante de radicais livres, beneficia a visão noturna e melhora a imunidade. Sim, o betacaroteno é o precursor da Vitamina A.
Exemplos: laranja, cenoura, milho e damasco.

Verde: significa clorofila. Alimentos verdes são ricos em clorofila, substância que ajuda na desintoxicação e auxilia no aporte energético para o nosso corpo.
Exemplos: couve, pepino e salsa.

Roxo, preto e azulado: contém antocianina, responsável pela cor desses alimentos, que está relacionado com a presença de Vitamina B1. Está vitamina por sua vez, tem a capacidade de transformar vários nutrientes em energia, quando está presente em nosso organismo. Bom funcionamento do sistema nervoso, do coração e bastante disposição associam-se a ela.
Exemplo: alcachofra, cebola roxa, beterraba e azeitona preta.

Branco: essa cor indica a presença de minerais, entre eles o fósforo e o cálcio, e também vitamina B6, que ajuda na digestão das proteínas e favorece o processo de respiração celular.
Exemplos: cebola, palmito e alho.

Marrom: os representantes desse grupo são ricos em Vitamina E em um mineral chamado Selênio, substâncias essa, conhecidas por suas propriedades antioxidante, vasodilatadora e anticoagulante.
Exemplos: nozes, castanha e sementes de girassol.

Saude É COMER COLORIDO Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/lifestyle/food-and-drink/2170345-saude-%C3%A9-comer-colorido/

Comentários