fotos de pessoas e retratos

A fotografia de pessoas

Resumo escrito por:Adrovando
A FOTORAFIA DE PESSOAS Retratos As fotografias de pessoas conseguem frequentemente uma resposta maior do espectador do que qualquer outro tema. Uma boa fotografia de retrato não mostra apenas a aparência do motivo. Deverá ser também uma biografia visual, que capte o caráter de quem posa e revele a sua personalidade. Fotografar pessoas – um retrato pode ser uma fotografia tirada sem o conhecimento do fotografado ou pode ser um caso mais formal em que o fotógrafo foi incumbido de realizar um trabalho específico. Não subestime a importância do plano de fundo e do cenário nos seus retratos. A fotografia de pessoas em exteriores ou no seu próprio ambiente pode dar uma dimensão que se perderia numa fotografia em estúdio. Tente pôr o modelo à vontade, preparando todo o equipamento antes da sessão de fotografias. A conversa pode ajudar o fotografado a descontrair-se e permitir-lhe-á obter o resultado desejado – um retrato revelador, de grande naturalidade. Variar os ângulos da máquina – Alternando o ponto de vista da máquina, pode produzir uma grande variedade de efeitos interessantes e sutís. Uma posição alta da máquina, por exemplo, a fotografar o rosto do modelo de um plano mais elevado, tem tendência para realçar a testa e a parte superior das maças do rosto. No extremo oposto e tirando uma fotografia do rosto a partir do plano inferior, chama a atenção para o queixo e a linha do maxilar. Esta abordagem resulta frequentemente num formato de rosto um pouco quadrado. O ângulo da máquina pode também implicar algo relativamente à personalidade: fotografar de cima sugere vulnerabilidade; enquanto um modelo fotografado de baixo poderá Ter um aspecto longínquo. Uma vista do rosto a três quartos resulta frequentemente num aspecto mais fino e menos cheio do que um ângulo frontal. Encher o enquadramento – Pode conseguir um plano de aproximação deslocando simplesmente a posição da máquina para mais perto do seu motivo, a fim de concentrar a atenção nas feições e na expressão. Potencial de iluminação – Em termos de iluminação deverá estar preparado para praticamente todas as situações – desde luz solar direta a jorrar de uma grande janela, até níveis tão fracos que até mesmo a película rápida irá necessitar de uma grande abertura e mesmo assim resultar numa velocidade de obturação muito lenta. É aconselhável visitar previamente o local para ver se irá precisar de flash ou de equipamento adicional. Poderá então decidir qual o tipo de máquina a usar e a hora do dia com luz mais adequada.
Retratos de grupos – Qualquer que seja o tipo de fotografia de grupo que esteja a fazer, precisará de mostrar que todas as pessoas envolvidas estão de alguma forma ligadas entre sí. Nos retratos de grupos, tire sempre muitas fotografias de cada variação de pose de forma a Ter, pelo menos, uma fotografia em que cada um dos elementos seja visto segundo seu melhor angulo. Retratos informais – Para um bom retrato informal é imprescindível que o fotógrafo trabalhe discretamente. As boas fotografias dependem do poder de observação, bem como estar no momento certo com sua máquina com a exposição correta pré-selecionada. Trabalhar com um modelo – As boas fotografias dependem de uma boa relação entre o modelo e o fotógrafo. Quanto mais envolver o modelo no processo de criação da fotografia, maiores serão as probabilidades de obter bons resultados. Como aprimorar a imagem – Boas oportunidades de fazer fotografias com um toque dramático surgem graças a um rápido jogo de luz , a uma combinação casual de luz e sombra, por exemplo, ou a uma coloração de luz vinda de superfícies refletoras que existam por perto. Cada uma, e há muitas outras mais, pode ser aproveitada vantajosamente se voce estiver atento a elas. Tudo isso está baseado em sua capacidade de manipular a qualidade de luz altamente contrastada, fotometrando ora apenas as sombras, ora apenas as altas luzes. Se estiver com uma câmera manual, aproxime-se da área que possui a intensidade de luz que você deseja que a foto possua até cobrir todo o visor, ajustando então a abertura e a velocidade; em seguida, recomponha a foto. No caso de uma câmera automática, trave a leitura na memória antes de recompor o quadro. O retrato é a aplicação mais preciosa e, ao mesmo tempo, a mais delicada da fotografia. Bibliografia: O novo livro da fotografia – John Hedgecoe – Livros e livros – 1994 Guia completo de fotografia – John Hedgeoce – Martins Fontes – 1998 Como fazer fotografia – Pedro Vasquez – Vozes - 1986
A fotografia de pessoas Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/humanities/1685659-fotografia-pessoas/

Comentários