Educação Física é parte essencial no estudo do desenvolvimento motor



Resumo escrito por:TatiLuz
A Educação Física é parte essencial no estudo do desenvolvimento motor, pois é sua principal área de atuação, o que o deixa em vantagem em relação às outras profissões que lidam com o movimento humano. Por isso, a relação deve ser a mais abrangente possível, não só apenas voltada ao desenvolvimento motor infantil, e sim em todo o contexto, como adultos e idosos.Muitos padrões de movimento são mudados durante a vida, pois corresponde a mudanças espaciais, e envolve muitas variáveis, como força, energia e seu gasto, por exemplo. Todas estas ações são feitas todos os dias por nós, mas como já temos um certo nível de habilidade, nem reparamos que estes movimentos são muito bem estruturados. A dificuldade que uma criança de dois anos tem para se vestir, por exemplo, e a facilidade que um adulto mostra quando pratica o mesmo ato, demonstra a diferença entre habilidades, pois isto se relaciona a partir da idade de cada um. Agora, se relacionado a um idoso, provavelmente, uma criança de sete anos tem muito mais habilidade motoras em relação ao ato de se vestir do que um idoso, que já não tem mais tanta facilidade. Percebeu-se em estudos feitos anteriormente, que os bebês demonstravam muito prazer em realizar movimentos, tinham intenção e mostravam direcionamento e orientação das mãos, com o aparecimento de movimentos voluntários. Destaque para o aparecimento ordenado de comportamentos no eixo temporal de vida, e a constatação de que movimentos estão envolvidos na realização de ações. A primeira infância é muito importante para entender o desenvolvimento global da criança, pois nesta idade existem os marcos desenvolvimentistas, pois a partir daí se percebe se a criança está seguindo o caminho normal. Uma das questões centrais seria devido ao que o desenvolvimento humano estaria mais ligado: as experiências intrínsecas devido à maturação, ou as extrínsecas em virtude das experiências? A cientista Myrtle McGraw acreditava que a maturação do cérebro é a força geradora central que envolve a liberação de processos de desenvolvimento motor, ocorrendo de uma maneira estruturada e ordenada: o cérebro cresce e o comportamento é desdobrado como uma conseqüência desse crescimento.
á para Gesell, o contexto determinava o desenvolvimento humano, com a descrição do comportamento na primeira infância. Á partir dos anos 60, a preocupação ficou voltada mais para a orientação do movimento e não do movimento em si. Das questões: “O quê?” e “Quando?”, para as questões: “Como acontece o desenvolvimento?”.Descobriu-se que, passando os anos, a criança normal vai conseguindo fazer cada vez mais movimentos com precisão. A abordagem de processamento desta informação permitiu investigar a melhora dos mecanismos ou formas já existentes.O equilíbrio entre estados estáveis e instáveis é essencial ao desenvolvimento. Só se consegue alcançar objetivos com estabilidade, mas para que se desenvolva há a necessidade de instabilidade, e o desenvolvimento seria determinado pela relação entre elas.Para se pensar no futuro se deve pensar em melhores instrumentos de medidas, teorias, aplicação disso em ensino e reabilitação. O aspecto mais importante é que o movimento e seu controle são importantes, e desta forma, um sistema bastante fidedigno de estudo deve ser desenvolvido.
Desenvolvimento motor: passado, presente e futuro. Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/social-sciences/education/1776815-desenvolvimento-motor-passado-presente-futuro/
Como manter o organismo jovem e retardar o envelhecimento

Resumo escrito por:lufalcao
O dr. Mehmet Oz, de 47 anos, cirurgião cardíaco turco e cidadão americano, dedicou seus estudos e pesquisas para o retardamento máximo dos efeitos da idade em seus pacientes, mantendo um organismo mais jovem do que aponta a idade cronológica através da adoção de um estilo de vida que adie a velhice. Na entrevista que concedeu à Veja, revela que há catorze agentes principais envolvidos no envelhecimento, sendo que sete deles retardam o processo, como os antioxidantes e, os outros sete nos enfraquecem provocando, inclusive, a atrofia muscular. Por isso é importante que se mantenha esses agentes sob controle. Para alcançar tal objetivo é necessário, a priori, manter o organismo saudável, desviando o foco da prevenção dos males para a preservação da saúde. Salienta que é preciso cuidar do corpo para que ele não enfraqueça., pois quando uma pessoa envelhece, doenças potencialmente fatais, como o câncer e o infarto, não aparecem de imediato. Antes que elas se instalem, o corpo torna-se mais frágil e vulnerável. Daí a importância a ser dada aos exercícios físicos já que eles combatem o primeiro sinal do envelhecimento, que é a perda de força muscular. Aliados a eles, são importantes tanto a boa alimentação quanto a meditação. Enfatiza e recomenda a prática do tai chi chuan, um tipo de exercício de origem oriental que combina equilíbrio, coordenação motora e também meditação. No que se refere à alimentação, recomenda o consumo de nutrientes que contenham o resveratrol encontrado na uva e o licopeno, no tomate, pois são poderosos antioxidantes. O principal e o mais importante é o controle da quantidade dos alimentos, devendo todas as pessoas comerem um pouco menos do que têm vontade, comer de três em três horas, pois, se o intervalo for maior que este, há aumento da taxa do hormônio grelina. As pessoas que consomem por volta de 2 000 calorias diárias podem fazer duas refeições de 300 calorias cada uma e outra maior, de até 800 e os lanchinhos podem ter até 250 calorias. Insiste na recomendação de se observar se o alimento a ser consumido não contém gorduras saturadas, gorduras trans, açúcar simples, açúcar invertido e farinha de trigo enriquecida, já que as gorduras podem estimular processos inflamatórios no fígado, forçando a produção de substâncias prejudiciais, como o colesterol. Além disso, tornam o fígado fique menos sensível à insulina, aumentando o risco de diabetes. O mesmo acontece com os açúcares listados porque estimulam a produção de insulina, aumentando o depósito de gordura corporal. Enfatiza que os brasileiros comem carnes muito gordas, o que é errado, além do arroz em excesso, já que pouco é consumido o arroz integral, que contém mais fibras, mantendo-se por mais tempo no intestino e diminuindo a absorção de açúcar pelo organismo. Lembra, no entanto, que os brasileiros têm uma grande vantagem em sua alimentação: têm à disposição uma enorme variedade de frutas e vegetais maravilhosos, por preço razoável.

Revela a importância de beber muito líquido ao longo do dia, principalmente água e chá verde, de dormir ao menos sete horas por noite, porque, durante o sono é produzido o hormônio do crescimento, essencial até mesmo para quem já é adulto (prolonga a juventude), de caminhar meia hora por dia e praticar exercícios que façam suar, pelo menos, três vezes por semana. A meditação feita durante cinco minutos, diariamente, além de muito saudável, faz com que cada indivíduo repense sobre si mesmo e suas atitudes, o que favorece o estreitamento de relacionamento com as pessoas próximas, e propicia a abstenção de julgamento. Ao invés de julgar os outros, é melhor tomar conta de si próprio. Nenhum tipo de conflito traz algo positivo, mas, sim, é desgastante. Quanto ao jantar, recomenda que seja realizado pelo menos três horas antes de dormir, pois, deitar logo após a refeição, facilita o acúmulo de gordura, principalmente na cintura, além de prejudicar o sono. Voltando a falar sobre os exercícios físicos, revela que aqueles que são moderados ou intensos, fazem suar e, por isso, apresentam benefícios. Mas, não menospreza os exercícios suaves e de baixo impacto, afirmando que mesmo a caminhada movimenta grandes músculos, como os das coxas e dos quadris, que consomem muita energia. Como o gasto calórico muscular é maior durante o exercício, a queima de calorias aumenta. Só recomenda o uso de suplementos vitamínicos quando o organismo necessitar delas e por não ser capaz de captá-las via alimentação normal. Ressalta, entretanto que certas vitaminas podem melhorar a qualidade de vida e a longevidade, como é o caso da A, B, C, D e E, além do cálcio, magnésio, selênio e zinco. A vitamina D é importantíssima, porque previne câncer e osteoporose. Lembra quanto é importante brincar com os filhos para se manter jovem, procurar descobrir coisas novas todos os dias, aprender a conversar com os outros e, sempre preferir perguntar, saber como é a vida das pessoas, como elas trabalham, porque isso faz com que a mente se exercite. Termina afirmando que ficou deslumbrado com as frutas brasileiras e com as lojas de sucos, onde são misturados frutas e outros vegetais, uma combinação pouco convencional. Diz ser apreciador do açaí que conheceu quando aqui esteve e que até hoje faz parte de seu cardápio, sendo um dos alimentos com maior concentração de antioxidantes.
Como manter o organismo jovem e retardar o envelhecimento Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/social-sciences/psychology/1875950-como-manter-organismo-jovem-retardar/
SINTA-SE BEM ALONGANDO O SEU CORPO

Resumo escrito por:Jerson Aranha
SINTA-SE BEM ALONGANDO O SEU CORPO Ter uma vida saudável é o que todos nós queremos. Como conseguir isso? A primeira providência é dizer adeus à vida sedentária. Nada de chegar do trabalho e ficar deitado no sofá assistindo televisão, por exemplo. Exercite-se! Comece fazendo uma aula de alongamento, além de ser uma das atividades físicas menos agressivas ao corpo, ela fará com que você melhore sua flexibilidade, respiração e consiga um melhor controle do seu corpo. Você sabia que somos mais altos no início do dia? O professor de Educação Física do Serviço Social do Comércio (SESC) de São Paulo, Denivaldo Pereira Cunha, explica como isso é possível. “Nos contraímos muito no decorrer do dia, causando uma tensão muscular, o que nos deixa menores, mas nada que um bom alongamento no final do dia não resolva. Com essa atividade atingimos novamente nossa altura real.” Nas aulas de alongamento, que durem em média, 45 minutos, você tem a oportunidade de trabalhar também sua postura e coordenação motora. Além disso, os exercícios realizados nessa atividade são excelentes na prevenção de lesões como, por exemplo, distensões musculares e ainda ativam sua circulação. Para Christina Ferreira, professora de Alongamento das Academias Pró Forma e Leblon, ambas do Rio de Janeiro, a realização dessa atividade, além de aumentar nossa disposição, ajuda a melhorar a qualidade de vida, auto-estima e bem-estar. “Você deve incluir o alongamento na sua vida até que ele se torne uma prática comum, da mesma forma que escova os dentes e toma banho”. O alongamento também é recomendado para o início e final de qualquer outra atividade física que você for realizar. Antes, ele ajuda no aquecimento e, ao terminar, contribui para aliviar a tensão da musculatura. As aulas de alongamento são compostas por seqüências de posições, responsáveis pela fluidez e harmonia da atividade, facilitando a execução dos exercícios em que você se manterá por aproximadamente 20 segundos na mesma posição. As músicas devem ser, de preferência, lentas e relaxantes, assim como a execução dos movimentos. Fique atento Ouça o seu corpo, se você sentir dor na hora em que estiver praticando um exercício, certamente isso é sinal de que tem alguma coisa errada. Nesse caso diminua a intensidade e não esqueça de consultar o seu professor de alongamento. Ao iniciar a atividade, alongue primeiro as partes mais tensas, elas podem variar de acordo com o dia. Isso ajudará a uniformizar a diferença de flexibilidade do seu corpo; Realize os exercícios de maneira confortável, dentro dos seus limites; Respire naturalmente, de forma lenta e profunda, expirando quando se dobrar para frente. Não se alongue até o ponto em que é impossível respirar normalmente; A flexibilidade é uma conseqüência do alongamento. Aprenda a alongar-se adequadamente e ela aparecerá com o tempo; Não balance o corpo na hora de alongar. Esse tipo de movimento enrijece os músculos que você está tentando relaxar. O que o alongamento proporciona ao seu corpo Colabora para uma respiração adequada, aumentando a oxigenação do sangue; Facilita a execução de movimentos comuns do dia-a-dia; Reduz o risco de lesões; Diminui as tensões e dores musculares; Aumenta a auto-estima; Combate o estresse e, conseqüentemente, ajuda a melhorar a qualidade de vida; Aumenta a capacidade de concentração; Equilibra corpo e mente; Tranqüiliza e relaxa. Exercícios que podem ser feitos em qualquer lugar Chegamos ao final de mais um dia e você não suporta as dores nas costas, quadris ou em outras partes do seu corpo? Confira algumas dicas e sinta-se melhor! Espreguice-se esticando os braços, pernas, costas etc; Não fique na mesma posição por mais de 15 minutos, isso pode contribuir para evitar a tensão muscular. Sempre que possível, levante-se e ande um pouco; A cada hora levante suas pernas e escreva no ar todas as letras do alfabeto com os dedos dos pés. Com isso você movimentará o seu tornozelo de todas as formas possíveis. Lembre-se deque, antes de iniciar qualquer tipo de atividade física, é muito importante consultar o seu médico. Ele saberá qual é a atividade mais indicada para você.

SINTA-SE BEM ALONGANDO O SEU CORPO Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/1713585-sinta-se-bem-alongando-seu/

Comentários