diminuir o consumo de churrasco


Resumo escrito por:CarlosRossi
Nutrição - Condenando o Churrasco     
Na carne assada na brasa foi encontrado o benzo pireno, o benzo fluoranteno, o antraceno, são substâncias do grupo dos hidrocarbonetos aromáticos, ou HPAs, com conhecido potencial cancerígeno. A maior ou menor concentração depende de como a carne é assada. Um quilo de picanha com gordura, assada em churrasqueira de alvenaria, a 40 cm da brasa, acumula 0,6 micrograma de benzo pireno, na churrasqueira portátil a 15 cm do braseiro, o índice vai a 4,82 microgramas. As taxas sobem ao se trocar carvão por madeira (8,60 microgramas). Os cancerígenos aparecem devido á decomposição pelo calor da gordura que pinga sobre brasas. A picanha sem gordura a 15 cm do carvão, tem apenas 0,22 de benzo pireno, a 40 cm não apresenta HPAs. Normas internacionais recomendam o máximo de 1 micrograma por quilo de carne, mas o índice chega a 1,5, no consumo médio de um adulto. Recomenda-se carnes magras, cautela no assar, mas nada contra a cervejinha gelada, por enquanto.
Nutrição - Condenando o Churrasco Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/nutrition/1863333-nutri%C3%A7%C3%A3o-condenando-churrasco/

Comentários