Dieta Mediterrânica



Resumo escrito por:CarinaAnjo
Consta que este conceito foiintroduzido pela Oldways, Escola de Saúde Pública de Harvard, e pelaOrganização Mundial de Saúde. Esta dieta consiste num conjunto de hábitosalimentares tradicionais predominantes na Grécia, Itália, Espanha e Portugal.
O azeite, as azeitonas, os grãosinteiros, pouca carne vermelha, peixe e mariscos, queijos e pouco leite,bastantes vegetais, legumes, frutos secos e vinho tinto, fazem parte destadieta.
Nas regiões mediterrânicas tendemos alimentos ricos em gordura, em contra-partida verifica-se um menor número dedoenças cardiovasculares e cancros em comparação mundial. Este factocontraditório, visto que maior consumo de gorduras normalmente é sinónimo demaior número de mortes de origem alimentar, está relacionado com a utilizaçãodo azeite em substituição de outros tipos de gordura. O azeite é uma gorduramonoinsaturada. Consequentemente, mantém as artérias saudáveis.
A complexidade desta dieta e asua diferença não se deve apenas à utilização do azeite, verifica-se na riquezaem fibras e antioxidantes derivados de vegetais e legumes, ou seja, na dietacomo um todo. Já a dieta Ocidental (EUA) é pobre em gorduras saturadas.
Para seguir uma dieta com característicasmediterrânicas e mais saudáveis não tem, necessariamente, que viver em Itália,Grécia, Espanha ou Portugal. Se vive pratique, não tem desculpa!
Comece por estabelecer algumas regras na sua dieta:
·           Coma legumes e vegetais;
·           Coma cereais e grãos;
· Opte por aves e peixes;
· Evite o consumo de carne vermelha;
· Inclua fruta fresca na sua sobremesa;
· Iogurte e queijo;
·         Água e vinho tinto.
Difícil? Não, claro que não! Refeiçõestradicionais que nunca passam de moda, pratos elaborados com requinte ou com apracticidade exigida no momento, em qualquer das situações, encontre semprebons sabores nacionais.

Dieta Mediterrânica Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/lifestyle/food-and-drink/2160602-dieta-mediterr%C3%A2nica/

Comentários