Cumprir aquilo que disse que vai fazer




SOMENTE FAÇA AQUILO QUE DISSER QUE VAI FAZER
Não há nada mais capaz de matar o progresso ou de enfraquecer o entusiasmo do que uma pessoa que fala mas nunca faz. É essencial, tanto para sua vida familiar quanto para sua vida profissional, que você se comprometa com aquilo que diz que vai fazer. Um vendedor de carros usados mostra um carro a você. O odômetro está marcando 13.000 quilômetros . O carro tem cerca de cinco anos de uso. Você acha que o carro já rodou na verdade 100.000 quilômetros , mas o vendedor garante que são só 13.000 mesmo, pois pertencia a uma velhinha que raramente o dirigia. Você acredita no vendedor? Você provavelmente pensa em todas as histórias que já ouviu sobre pessoas desonestas que vendem carros e não acredita na história do vendedor. Os vendedores de carros usados carecem de um fator essencial à comunicação positiva: credibilidade. Precisamos acreditar que as pessoas dizem a verdade quando vamos escutá‑Ias, interagir com elas, confiar nelas. No ambiente familiar e profissional isso é fundamental. Para termos credibilidade, precisamos manter ao máximo nossos compromissos e, quando isso não for possível, avisar, explicar, desculpar-nos. Mas sempre com a verdade, por mais desagradável que seja, para que a relação possa se desenvolver baseada na confiança. Lembre-se, a credibilidade é como o casco de um navio. Se houver furos, grandes ou pequenos, a curto ou médio prazos o navio afundará. A diferença entre as pessoas que têm relacionamentos pessoais felizes e aquelas que têm relacionamentos pessoais infelizes não é a quantidade de conflitos. Na realidade, os dois grupos têm um número semelhante de conflitos. O que contribui para o sucesso dos relacionamentos e para uma felicidade vinte e três por cento maior das pessoas envolvidas é a capacidade de realizar efetivamente as mudanças acordadas e a confiança e segurança que isso gera.

 

Comentários