criar uma pílula da inteligência

A pílula da inteligência.

Resumo escrito por:JOAOVICTORS
A revista Super Interessante teve como matéria de capa em sua edição de Novembro de 2009 o seguinte artigo. “A pílula da inteligência”, como texto do design Salvador Nogueira. O artigo usa como base a droga modafinil, lançada na França em 1994. A droga tem como efeito “turbinar o cérebro”, aumentando o nível de concentração, melhorando o funcionamento do cérebro e aumentando o desempenho em algumas linhas de raciocínio. O remédio despertou o interesse dos militares permitindo que os militares permanecessem dias em constante ação sem perder nenhum desempenho mental. O medicamento popularizou-se tanto que uma indústria americana a Cephalon comprou o remédio dos cientistas franceses e quizeram aplicar o medicamento para uso como Jet lag, porém foram contidos pelo governo americano que classificaram a atitude como irresponsável por não estar comprovado que seu uso a longo prazo não causa nenhum tipo de dano ao ser humano. O remédio foi testado em indivíduos saudáveis  que não apresentaram nenhum efeito colateral aparente. O remédio foi testado e experimentado pelo repórter que comprovou o aumento de eficiência do cérebro, principalmente em relação a aumento de concentração. Declarou que teve a mente vaga e que mesmo com excesso de trabalho mental, não existiu cansasso. Declarou ainda que executou tarefas que levava dias para executar em menos de 1 dia. Em contrapartida teve algumas erupções (espinhas) e sentiu-se desconfortável em sentir que aquele aumento de concentração não era natural. Ficou provado que o medicamento não causa vício, não dopa e não dá nenhum “barato”. Hoje já é utilizado por muitos estudantes para uso em vestibular, concursos e provas. Classifico o artigo como “Super Interessante!”. Ruim essa, acho que preciso tomar um modafinil.
A pílula da inteligência. Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/exact-sciences/biochemistry/1987778-p%C3%ADlula-da-intelig%C3%AAncia/

Comentários