aumentar o desempenho do computador



Crítica escrita por:UalassePaganini
Dicas para ter um computador rápido, de alto desempenho e custo/beneficio

Processador:
A escolha do processador deve ser feita de forma cautelosa, especialmente se você quiser economizar e ficar com um bom computador. Preferencialmente escolha um processador que tenha mais de um núcleo de processamento, cache razoável (pelo menos L2 e/ou L3) e que tenha um clock efetivo alto, como por exemplo, as linhas de processadores Intel Core I3 e I5 (que tem preços acessíveis e que ao mesmo tempo são muito eficazes) e AMD Phenom II/Athlon II/Turion II (também com muitas opções de escolha, preços acessíveis e claro, com um bom desempenho). Outra coisa que é bom verificar, é que tipos de instruções que o processador suporta, x86-64, SSE, MMX, 3DNOW, Virtualização entre outras. Dessa forma você tem um processador potente e apto para realizar qualquer tipo de tarefa. Eu poderia citar processadores como o Intel Core I7 Extreme Edition, mas quando se trata de custo/benefício não se ouve falar muito nele.
Memória RAM: A memória RAM é uma memória volátil, ou seja, uma memória que não mantém gravadas as informações contidas nela, caso não haja fluxo de corrente elétrica. Isso significa que se desligarmos o computador, tudo o que estava “aberto” na memória RAM, é perdido. Por esse motivo, ela tem velocidades de leitura e gravação superiores a de um HD e é dessa velocidade e capacidade de armazenamento que precisamos. Aconselho utilizar memórias DDR3 ou pelo menos DDR2, pois hoje praticamente não se fabrica mais as DDR que tem um clock efetivo bem inferior, e que custam mais! Então, depois de decidir entre DDR2 e DDR3, você precisa escolher o clock e o tamanho da memória, ex: DDR3 1333MHz 2GB (tipo/clock/tamanho), lembrando que quanto maior for o clock e o overvolt da memória, maior vai ser a taxa de transferência entre ela e o processador/chipset, mas ela vai consumir mais energia e esquentar mais.
Placa-Mãe: Uma das coisas mais importantes na escolha da placa-mãe é a compatibilidade dos componentes. Quando se escolhe um processador, deve-se lembrar que cada processador tem uma compatibilidade de memória e de slot (socket), por exemplo: Processador AMD Athlon II X2. Socket: AM3 e tipo de memória: DDR3. Então caso for comprar um Athlon II X2, você vai ter que comprar uma placa-mãe com slot AM3 e suporte para memórias DDR3 (claro que se ela for AM3, automaticamente terá que ter suporte a DDR3). Para que sua placa-mãe seja boa, precisamos que ela tenha: Suporte a Dual-Channel, conectores SATA 3/6 Gb/s, slot PCI Express, Chipset potente (N-force, AMD, Intel), capacitores sólidos e uma boa dissipação térmica.
Placa de vídeo: Considero a utilização de uma placa de vídeo dedicada de suma importância, mas caso prefira usar a placa on-board poderá economizar um pouco. Na escolha de uma placa de vídeo a primeira coisa que você deve lembrar é que, para poder alimentar essa placa de vídeo, normalmente se deve investir na Fonte, pois o consumo de energia nas placas dedicadas é alto. ATI e Nvidia são as 2 marcas de Placas de Vídeo mais conceituadas e fortes hoje no mercado, e dentre os modelos oferecidos eu indico utilizar pelo mínimo uma placa com 1GB de memória DDR3/DDR5 e largura de bus de 128/256 bits, qualquer configuração superior a essa, vai variar da necessidade de cada um.
Disco Rígido: O HD também é algo que vai de acordo com a necessidade de cada um, mas hoje não se fabrica mais HDs de pouca capacidade de armazenamento, então isso é opcional. Voltando ao SATA, hoje os HDs já tem tecnologia SATAIII que ajuda muito na velocidade de comunicação do HD com a placa-mãe, então tem que ser SATA, e não IDE. Uma novidade que vem crescendo na industria de HDs, é o SSD, que é uma unidade de armazenamento em massa (como o HD) formada de várias memórias flash. As principais vantagens em relação ao Disco Rígido, é que o SSD não para de funcionar ou perde os dados gravados quando sofre algum impacto e também tem uma velocidade de leitura/gravação superior aos HDs. A desvantagem é que ele custa muito mais que os HDs e sua capacidade de armazenamento é inferior.
Fonte: A fonte é muito importante para a estabilidade de seu computador, especialmente quando se trata de over clock e over volt. Ela deve ser escolhida de acordo com a configuração do computador, normalmente quem escolhe utilizar uma placa de vídeo dedicada, precisa de uma fonte mais potente, quanto mais potente a placa de vídeo mais potente tem de ser a fonte. Obs: Sempre lembre de verificar se a fonte é nomeada em Watts ou em Watts Reais, isso faz toda a diferença.
Softwares: Depois do computador montado, você deve manter seus sistema operacional em bom estado. A minha dica é de sempre manter a inicialização limpa, com poucos programas abrindo junto com o sistema, sempre usar um anti-vírus e anti-spyware devidamente atualizado e realizar limpeza nos arquivos temporários. Procure não ficar instalando programas desnecessários ou plug-ins que você não vai utilizar, isso consome muitos recursos do seu computador que podem fazer falta na hora que você precisar dele.

Espero ter ajudado :) Att: Ualasse Paganini

Tenha um computador de alto desempenho e custo/beneficio Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/internet-and-technologies/computers/1691337-tenha-um-computador-alto-desempenho/

Comentários