aceitar a reprovação no vestibular



Resumo escrito por:reidocurso
De acordo com o IBGE, somente cerca de 7% dos brasileiros com mais de 25 anos possuem nível superior completo. Entre diversos desafios aos candidatos a um diploma universitário, está a concorrência por uma vaga. No último processo seletivo da Universidade Federal do Paraná, por exemplo, pouco mais de 4 mil dos 43 mil inscritos foram aprovados.

Segundo o life coach Luiz Antônio de Souza Neto, especialista em coaching, técnica ligada à concretização de objetivos pessoais e profissionais, revolta, raiva, sentimento de inferioridade, tristeza e depressão são sentimentos comuns aos concorrentes reprovados.

“Não ser aprovado não significa fracassar, pois não é algo definitivo. O candidato tem outras chances”, afirma Souza Neto. “O vestibular deve ser encarado como um jogo: o não passar foi apenas o primeiro tempo. Deve-se voltar para o segundo tempo com determinação para virar o jogo e ganhá-lo. ”

O primeiro passo para afastar a sensação de fracasso é aceitar a realidade, não perdendo tempo para preparar-se para o próximo processo seletivo. “É fundamental trabalhar a percepção da reprovação e admitir que não somos absolutamente perfeitos, mas que vamos lutar com determinação e estratégias para conseguir a vitória.”

A seguir, o life coach dá dicas de como obter sucesso no vestibular, mesmo aos que o enfrentam pela primeira vez:

1. Vestibular não se passa no dia em que ele é realizado. Ele começa desde o primeiro dia de aula na escola. Um estudante que obteve uma das primeiras classificações em Medicina da USP, ao ser questionado sobre o quanto estudou para atingir tal resultado, surpreendeu a muitos com sua resposta: uma hora por dia. Mas foi uma hora por dia desde a quinta série.
Aceitar reprovação no vestibular é essencial para obter sucesso em out Originalmente publicado no Shvoong: http://pt.shvoong.com/social-sciences/education/2331058-aceitar-reprova%C3%A7%C3%A3o-vestibular-%C3%A9-essencial/

Comentários